#Palavras do Pai

Miragens (1)

Pessoal, só pra esclarecer. Esse post é o 1 de uma sequência de posts que completarão o tema. Ao todo serão 3 ou 4 posts, então fiquem ligados pra não perderem nenhum dia! Eles são a pregação escrita do Jefferson Douglas (@J_DouglasCM) do dia 19/01/11. Beijos

Os. 13:4,5.

INTRODUÇÃO:

Naquele período da História, o povo de Israel havia sido capturado como reféns do povo da Babilônia. Oséias era um Profeta contemporâneo de Isaías, Jeremias, entre outros, portanto ele mesmo viu tudo o que o seu povo passou na mão dos Babilônios.

No Livro de Oséias, Deus, ao falar com Seu povo faz uma alusão direta ao tempo de Moisés, lembrando ao povo que ele sempre esteve com eles, ainda que os mesmos não o reconhecessem durante o deserto.

Deus faz questão de Todos os dias lembrar-nos que Ele está conosco e que nunca nos abandonou.

No Versículo 5 Deus Diz: “Eu te conheci no deserto, em terra muito seca”.Tendo em Vista isto que Deus nos diz, vamos ver quais são as características desse deserto que Deus fala.

O Deserto é um lugar de Solidão: Muitas vezes nós nos encontramos em um estado tal de solidão e abandono e há momentos em que nem nós mesmos percebemos. O Simples fato de alguém estar rodeado de pessoas não indica que ela não seja uma pessoa solitária, porque há momentos em que nem os melhores amigos, conselheiros, companheiros, irão nos ajudar, e é nesse momento em que temos que reconhecer que só Deus tem o poder pra afastar a Solidão das nossas vidas.

O Deserto é um lugar de escassez: Existem momentos em que tudo aquilo de que nos alimentamos já passa a não nos satisfazer mais. Há momentos em que mesmo buscando, orando, fazendo a sua parte, aquilo que esperamos e queremos receber de Deus não é o que realmente recebemos. Esta é uma fase que todo cristão passou ou ainda vai passar, porque é algo que Deus permite para que saibamos ser fortes, mesmo com pouca força. “Tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome.”(Apocalipse 3:8).

O Deserto é um lugar de Extremos: Ao contrário do que muitos pensam, os desertos não são somente lugares muito quentes, mas sim lugares de Extremos. Porque os desertos de dia alcançam uma temperatura de aproximadamente 50 graus ou mais, mas de noite a temperatura cai para próximos dos 10 a 5 Graus. Na nossa vida, quando passamos por momentos difíceis,é como se não conseguíssemos suportar a diferença de temperatura do deserto, pois quando começamos a aprender a lidar com alguma situação ou quando nos preparamos para resolvê-la, tudo simplesmente muda e não temos tempo para nos prepararmos. Quando começamos a lidar melhor com o “calor”, a tarde vem e começam os ventos, à noite o frio chega e destrói todo o nosso planejamento para lidar com o calor e quando aprendemos a suportar o intenso “Frio”, começa a amanhecer e o sol vem novamente nos deixando cada dia mais desesperados.

O Deserto é um lugar  sem Saída: Sabe quando olhamos para todas as situações que nos rodeiam e não vemos saída? Essa é a Quarta Característica do deserto. É um momento em que nada dá certo, e, ao olharmos ao redor só vemos “areia”; ou seja, só vemos elementos que não podem solucionar nosso problema nem nos tirar daquela situação.

(continua…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s