#Palavras do Pai

Tribos, línguas e nações #35

Pra resgatar-nos das garras da morte, Ele suportou uma cruz e foi morto. Pra vestir-nos de vestes brancas, Ele vestiu-se com uma coroa de espinhos. Pra salvar uma multidão, Ele se sacrificou sozinho. Percebe que Ele passou pelo que não queria que passássemos? Ele sofreu o que não queria que sofrêssemos. Ele fez o que sabia que não seríamos capazes de fazer. Enfrentou a morte, a humilhação e o peso do pecado que não havia cometido. Morreu sozinho para não nos deixar órfãos.

Hoje, muitos pensam em salvar a milhares de pessoas. Seria ótimo se o interesse não fosse dar glória ao próprio nome. Usam a maior quantidade possível de estratégias para “facilitar” o “serviço ao Reino de Deus”. Poucos querem trabalho ou sacrifício. Os meios que Jesus usou para atrair multidões ficaram obsoletos no meio de uma realidade que exige tanto em tão pouco tempo. Oração? Jejum? Palavra? Pregação? Cuidar dos órfãos e das viúvas? Lançar a semente em solo aparentemente estéril? Isso não combina mais com os dias de hoje. Na verdade, não combinamos mais com o céu.

Os resultados precisam ser mostrados aos santarrões que colocam os números no lugar de honra. Perguntam “Quantas vidas você alcançou pra Deus?” O interesse não é em como está o seu ministério ou em que podem ser úteis para te ajudar, só querem garantir sua posição no ranking “do céu”. Ainda bem que Jesus certamente não tem nada a ver com isso.

Ele foi o maior exemplo de que a salvação exige sacrifícios. Números não salvam e estratégias também não. A única motivação dEle era  “salvar o seu próximo” ainda que isso lhe custasse a própria vida (como custou). Ele sabia pelo que estava lutando, mas muitos estão perdidos no meio do caminho. Não sei exatamente o que Cristo viu em nós para permanecer firme e caminhar até o Calvário, mas quero viver pra me transformar naquilo que Seus olhos enxergaram em mim.

(Continua….)

(Isadora Bersot)

Instagram | Facebook | Twitter | Ask

Publicidade

2 comentários em “Tribos, línguas e nações #35”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s