#Palavras do Pai

Pontes construídas #63

Existe um motivo pelo qual Jesus tenha vindo a esse mundo – restaurar o nosso relacionamento com Deus – mas vivemos reconstruindo as barreiras que foram destruídas. O nosso acesso ao Pai foi re-estabelecido à preço de sangue, só que transformamos esse relacionamento em um fardo.

Servir a Deus se tornou um fardo porque estamos com nossas mentes impregnadas com a cultura deste século. O mundo em que vivemos não prega a renúncia momentânea visando uma vida eterna. Tudo é “hoje e agora”. Não se pensa em consequências a longo prazo como se a morte representasse de fato o fim de tudo e cada momento precisasse ser intensamente vivido. Sabemos que não é assim.

Não podemos permitir que o  sacrifício de Cristo não gere em nós minimamente a gratidão. Não espere que o mundo pregue renúncia, porque nós sabemos a quem ele pertence. Um dos nossos problemas é esperar que o mundo concorde com condutas cristãs, e isso não vai acontecer. Precisamos valorizar o que Cristo fez por nós na cruz, e não existem atalhos pra isso: precisamos nos entregar completamente a Ele.

O Caminho já está aberto, a porta é estreita. Nossa parte é caminhar com a nossa cruz pela ponte que Jesus construiu pra nós.

(Isadora Bersot)

PTG_logo2

2 comentários em “Pontes construídas #63”

  1. Linda reflexão! “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis …” Romanos 12:2a #EuAcreditoNessaPalavra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s