#Palavras do Pai

Paradoxo #98

​Milhares de pessoas arriscaram sua vida e de sua família num último grito de socorro, numa fina ponta de esperança. 

Alguns não avistaram uma nova terra. Fugindo da morte iminente, foram sucumbidos por ela. Não há glamour, prestígio ou glória: nós somos iguais. 

Por favor, ore! 

Se devemos crer naquilo que não vemos, podemos afirmar que todo refugiado tem fé – até mais do que muitos de nós. Talvez um dia sejamos os que procuram por socorro.

Seja por perseguição, conflito ou catástrofe, se lançar ao mar em busca de refúgio é um paradoxo entre o medo e a coragem. 

Temos tanto a aprender! Meu coração chora. Seja resposta para quem sofre! 

(Isadora Bersot)

Cemitério dos coletes, Molyvos, Lesvos, Grécia

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s