#Palavras do Pai

Dia seguinte #126

Nós condenamos Tomé por não ter crido sem ver, mas só oramos pela Síria, por exemplo, quando MAIS UM ataque acontece.
 
Vale lembrar que há 6 anos, TODOS OS DIAS, eles estão sofrendo, passando por privações e mortes. Todos os dias existem explosões não noticiadas. Todos os dias existem refugiados escravizados e explorados em campos da Turquia. Todos os dias existem cristãos mortos por confessarem sua fé em Cristo. Todos os dias.
Enquanto eu e você trabalhamos, estudamos ou nos divertimos. Todos os dias.
 
Somos talvez piores que Tomé, com base nesse julgamento anterior; porque ele viu e LOGO creu! Não precisou que insistissem ou que o persuadissem. Ele creu, ponto. Nós temos notícias de guerra. De terremotos. De perseguição. De atentados terroristas. Mas a dor que sentimos logo passa, porque não foi com a gente. Ficamos tocados e emocionados, mas esses fatos não nos incomodam ao ponto de fazermos algo verdadeiramente relevante (orações, doações, voluntariado).
 
O dia seguinte chega levando todo nosso emocionalismo embora. Vários dias seguintes já se passaram, mas “as guerras e rumores de guerra” ainda não.
ORE! DOE! VÁ!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s