#Palavras do Pai

Privilégios #128

Por algum tempo me questionei sobre privilégios. Fugindo um pouco das definições gramaticais, a gente sabe reconhecê-los o todo tempo e na vida de quase todo mundo. Quando estive no campo de refugiados percebi que dormir numa cama era privilégio. Ter mais de um par de roupas, outro. Banho quente? Mais um. Família, dos maiores. Água, comida, amigos, educação, dinheiro… são tantos!

O que ocorre é que no nosso dia-a-dia eles são mais “obscuros”, mais difíceis de enxergar, porque a máscara do “eu” cega nosso entendimento. Não convivemos “na real mesmo” com o prática do que não tem. O máximo que fazemos é ver, de longe, um morador de rua, uma criança faminta ou um bêbado sem lar. Distantes fisicamente dessas realidades, não enxergamos nossos privilégios. Tornam-se comuns. Enxergamos as nossas mazelas. É mais rápido enxergar a dor do que a alegria, é mais fácil ver o lado negativo do que ter esperança, é mais simples pensar no que não se tem do que no que se possui.

Quando pensei em tudo que eu tinha, comecei a me cobrar. Não era injusto, afinal, uns terem tanto e outros tão pouco? Não era abuso usufruir dos meus bens materiais? O que eu podia fazer para abrigar o necessitado, alimentar o faminto, cobrir o nu, ensinar o iletrado? Talvez eu tenha encontrado a resposta. Saber usar bem seus privilégios faz com que você o estenda até o seu próximo.

Quando nos damos conta do quanto temos, a gente aprende – enfim – a repartir. Não se trata de “virar” desprivilegiado para ceder seu direito a outrem, trata-se de compartilhar. Eu amplio o que tenho quando aproveito da forma correta os meus bens:  escola, faculdade, trabalho, família, carro, casa… Isso gera em mim a sensação de que mesmo que outros não tenham, devo fazer bom uso enquanto tenho – é minha obrigação! Simplesmente porque sei que outras pessoas gostariam de estar onde estou, mas por motivos mil, não estão.

No fim das contas, compartilhar (e não só saber fazer) é o maior privilégio.

(Isadora Bersot)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s