#Palavras do Pai

A contramão não é pra onde você está indo #134

Há uns dias me peguei pensando muito nessa ideia de “contramão do mundo” que muitos crentes se apegam e que basicamente se resume em uma lista de regras como “não beber”, “não fumar” e “não fazer sexo antes do casamento”.

Lembro-me que na minha adolescência esse tema era muito comum e foi título de muitos retiros de carnaval e cultos jovens. Particularmente, eu sempre achei raso demais. Numa reunião pra discutirmos o tema do retiro do ano seguinte, enquanto todo mundo votava nesse, eu pensava em algo mais punk, tipo “Genocídio” hahahaa (Verdade mesmo. O significado é mais ou menos a destruição inteira de um povo. A ideia era fazer um link com a morte diária que o Ap. Paulo nos aconselha rsrs)

Mas recentemente eu percebi que nós fomos ensinados de forma errada. Se andar na contramão do mundo fosse só seguir uma lista de proibições, até que ia ser fácil, não acham? Não envolveria nada muito espiritual e a gente ia ser exatamente como os Fariseus do tempo de Jesus, que seguiam “fielmente” a lei, mas tinham seus corações completamente distantes de Deus.

Se transformamos o Evangelho numa lista, voltamos à lei, não a Graça. O que claro, não te dá motivos pra pecar abusivamente. O que quero dizer é que a gente está tão imerso na cultura do mundo que já se acostumou! Sabe como? Somos viciados em trabalho, em produzir! Um tempo de descanso faz com que nos sintamos inúteis, ao passar um momento sem companhia nos sentimos sós, quando algo dá errado imediatamente nos questionamos sobre o tal amor de Deus. Se as coisas não saem como planejamos, apagamos da nossa mente que Deus continua no controle. Criamos uma caixinha religiosa, não uma liberdade bíblica.

A essência da contramão é coisa simples: carregar a cruz e seguir a Jesus. E claro, isso vai envolver sofrimento, abandono das suas vontades e santidade. Não se trata só do que fazer e do que não fazer, trata-se de amar a Deus sobre todas as coisas e permitir que Ele mesmo, através do Espírito Santo em você, guie suas atitudes e pensamentos. A soberania do Pai te torna imune aos ataques malignos? Não. Mas te ajuda a enfrentá-los. Ela te livra das tentações? Também não. Mas te fortalece para não pecar.

Que Deus nos faça caminhar na direção correta, buscando aquilo que não podemos ver, embasados pela Sua Palavra, guiados pelo Seu Espírito. Que o Pai das Luzes dissipe nossas trevas e nos leve pelo caminho de Paz! 

(Isadora Bersot)

Um comentário em “A contramão não é pra onde você está indo #134”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s