#Palavras do Pai

O Brasil de antigamente #137

brasil2

“Há alguma coisa de que se possa dizer: Vê, isto é novo? Já foi nos séculos passados, que foram antes de nós.” Eclesiastes 1:10

O que vemos hoje no Brasil não é novo. Dias sombrios já existiram há alguns anos e por repetidas vezes. Nossos pais ou avós podem nos contar sobre esses tempos sem esperança. Corrupção, caixa 2, desvio de verba pública, sucateamento de saúde ou da educação… Tudo continua existindo, mas com outros nomes.

Confio plenamente na Bíblia e sou convicta em dizer que nada que nos aconteça, ou que nos possa acontecer, sai do controle soberano de Deus. Não quero dizer que Ele orquestra o mal e nos movimenta como suas marionetes, mas que nem seu poder nem Ele mesmo são abaláveis pelas coisas que nos fazem temer.

A exploração do pobre sempre existiu. A morte de inocentes também. Mas agora que de certa forma a maioria dos nossos governantes tem estendido mais sofrimentos à outras classes, quem nunca se incomodou resolveu protestar (o que é ótimo, porque não dava pra ficar apático o resto da vida, né?) O que quero dizer é que é comum só lutarmos por justiça quando somos nós os injustiçados. A gente só se importa com a ferida que toca na gente. Não nos nossos vizinhos, as vezes nem nos nossos amigos, mas na nossa própria pele.

O Brasil está sendo abalado. Para os cristãos, resta a esperança em Deus – o que não significa dizer que não sofreremos (como muitos já estão) com o desemprego, com as reformas e até mesmo com a pobreza; mas ainda assim O temos como âncora segura para as nossas almas. Padecendo ou não, guardamos a esperança. Não em outro presidente, não nas Diretas Já; mas nEle.

Mas esperança que se vê não é esperança. Quem espera por aquilo que está vendo? (Romanos 8.24)

Temos vivido talvez os nossos piores dias para que nos voltemos à Ele! Se dizemos que o crescimento vem da adversidade, temos enorme chance de crescer hoje. Quando não há mais saída ou alternativas, geralmente as pessoas apelam pro divino. Talvez essa seja uma oportunidade de ver o nosso país olhando pra Ele. Mantenho a esperança.

Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor. (Salmos 112.7).

(Isadora Bersot)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s