#Palavras do Pai

Suas desculpas te levam pra onde? #165

Não falo aqui sobre desculpas que a gente dá pra se justificar ou pra fugir de um compromisso chato (rs). Falo sobre os pedidos de perdão que despejamos sobre quem ferimos e que muitas vezes não passam de um escape pra nossa consciência, mas que não mudam absolutamente nada dentro de nós.

Quantos de nós já não lotamos as nossas redes sociais com textos “reconhecendo” erros e pedindo perdão até mesmo pra pessoas que nunca lerão, como uma forma de retirar a nossa culpa? Infelizmente, muitos de nós pensam que a exposição pública do nosso “arrependimento” basta, mas não temos sequer a coragem de chegar na frente de quem ferimos pra dizer: Me perdoe. Eu errei. 

As vezes a gente sente, e sente muito mesmo, pelo nosso erro; porém esquecemos que ainda não existe uma máquina leitora de pensamentos. A nossa consciência tranquila não justifica deixar nosso irmão padecendo em dúvidas e questionamentos gerados por nós.

Postar publicamente parece mais difícil, pela exposição, mas acaba sendo uma tarefa bem menos desafiadora, já que, geralmente, esse tipo de publicação rende aplausos e parabéns pela coragem em reconhecer. O que era pra ser um pedido de perdão sincero acaba se tornando uma massagem no ego. E o pior é que a gente gosta. Por isso continua fazendo.

A realidade é que não precisamos de mais gente envolvida nas nossas histórias. Nossa vida, por si só, machuca muita gente. Enquanto pecadores ferimos, maltratamos, abandonamos e decepcionamos. Como diria Paulo, fazemos o mal que não queremos, enquanto abafamos o bem que desejamos cumprir.

Precisamos ser mais honestos e humildes. Esse texto é pra você que precisa tomar coragem pra se humilhar em arrependimento – incluindo diante de Deus (mas não só dEle). Permita que suas desculpas mudem a direção dos seus pés pra um caminho de amor, mesmo que regado de choro. Permita que suas novas pegadas transformem suas atitudes também. Uma vida sem retorno ao Criador e que não viva pro próximo é uma vida vazia.

(Isadora Bersot)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s