#Palavras do Pai

Jesus foi ou não refugiado? #179

Vi que rolou nas redes sociais, especialmente no facebook, várias críticas ao assunto introduzido pelo jornalista que afirmou ser Jesus um refugiado, na sabatina do Roda Viva com Bolsonaro, resolvi comentar. Ainda não vi a entrevista com Marina Silva, mas já vi que, em algum momento (na entrevista ou fora dela), ela se posicionou favorável a condição refugiada de Jesus.
 
Pois bem, é importante ressaltar que o refugiado não precisa SAIR DO PAÍS para ter essa condição. REFUGIADO e ESTRANGEIRO são coisas DIFERENTES. Existem refugiados deslocados internamente na Síria, por exemplo. Na verdade, o refugiado moderno precisa ter conseguido asilo para adquirir esse “título”. No mais, trata-se de SOLICITANTES de refúgio – e muitos não tem ideia de quanto tempo (as vezes VÁRIOS ANOS) demora para um solicitante conseguir asilo. Isso QUANDO consegue.
 
O texto bíblico que usamos para dizer que Jesus foi refugiado se refere a fuga de seus pais para fugir da matança de meninos promovida por Herodes, que temia perdei o poder, ao anunciarem o nascimento do Rei dos Judeus. (Leia Mateus 2 – https://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/2). Neste sentido, a família foge da perseguição contra os bebês meninos, menores de 2 anos.É óbvio que na época bíblica os processos eram diferentes, mas não considero nenhum absurdo fazer essa relação de Jesus com o status de refugiado.
 
Acho importante ressaltar também que, atualmente, existem diversos TIPOS deles: ambientais, políticos, religiosos, de guerra, étnicos. Nem todos “migram” de forma ilegal! Alguns, já prevendo acontecimentos mais catastróficos, saem de suas casas antes da “bomba explodir”.
 
Sobre a crítica que ouvi sobre o #openborders, vou citar um exemplo que vivi, pessoalmente, no campo de refugiados #Moria, na #Grécia, em 2016. Um casal chegou ao campo. Perderam seus documentos no mar. Por não terem certidão de casamento (ou um documento semelhante a esse), eles não puderam ficar juntos. A mulher explicou várias vezes que eram casados, mas por uma questão de cuidado com ela, a polícia não permitiu isso e os separou – ela poderia estar sendo coagida/chantageada pelo rapaz, por exemplo. Antes de serem alocados no campo, TODOS os solicitantes de refugio passam por um controle intenso e rígido, exatamente para que se evitem os “invasores”.
 
Abrir as fronteiras não significa liberar a entrada de “imigrantes” a torto e a direito, mas a garantia de direitos (porque refugiado tem direito, tá, gente? PREVISTO POR LEI. É só dar uma lidinha pra se informar), segurança… Se tem tanta gente com medo de receber refugiados, imagina o medo que eles sentem, vivendo sob constante ameaça, dormindo ao som de explosões e acordando com notícias de morte?Parece apelativo, mas essa é a história que se repete para MILHARES deles.
 
Temos expoentes atuais nesse meio, como a Malala Yousafzai, e aqui você encontra também vários famosos que já tiveram o status de refugiado https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/listas/2017/02/10-famosos-que-ja-foram-refugiados. Vale a pena conferir!
(Isadora Bersot)
 
Deixo, como uma espécie de bibliografia, alguns textos com posições variadas sobre o assunto:
 
 
– 9 cientistas famosos que já foram refugiados (não sei se é confiável, saiu na super interessante): https://super.abril.com.br/ciencia/9-cientistas-famosos-que-ja-foram-refugiados/
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s