#Palavras do Pai

Adoração invisível #261

“Segundo o Salmo 115, ao adorar ídolos, os seres humanos se tornam mudos, cegos, surdos e imóveis ― exatamente como são os ídolos. Já reparou que essas, precisamente, as aflições que Jesus, segundo os Evangelhos, veio para curar? O Evangelho é a profanação da idolatria!” Pedro Lucas Dulci 

Começo com esse insight do Pedro porque, como você já sabe, o tema do mês do Inverso ao Avesso é IDOLATRIA. Não sei como foi a sua adolescência, caso tenha, como eu, crescido numa igreja. Era muito comum que, de modo geral, houvesse críticas ferrenhas à idolatria, relacionando-a APENAS à adoração de imagens, como a santos ou deuses das mais variadas religiões.

Isso acontecia (e ainda acontece) por um motivo óbvio: é fácil enxergar e condenar um pecado quando ele está exposto, mas imensamente difícil quando permanece em secreto. Imagens de madeira são palpáveis e visíveis, ou seja, podemos comprovar por nossas vias sensoriais que há idolatria. No entanto, há outros milhares de “ídolos modernos” que são guardados com carinho, cuidado e atenção no templo do nosso coração ou no altar das nossas mentes.

Alguns temem a crítica e o confronto que possivelmente receberão ao ter suas idolatrias expostas, mas não enxergam que seus ídolos “cegos, mudos, surdos e imóveis” NÃO SÃO INOFENSIVOS ― em pouco tempo, criam um terreno propício e adubado para uma colheita “recalcada, sacudida e transbordante” de iniquidade.

Não vou perguntar SE você carrega ídolos, mas QUAIS são os ídolos que você carrega. Não retruque consigo mesmo (ou contra mim) dizendo que não os tem; é perda de tempo e negação da realidade.

Sugiro, então, o que procuro fazer: IDENTIFIQUE os seus ídolos (ainda que sejam invisíveis). Não fuja; PROCURE-OS. INVESTIGUE o que toma tempo no seu coração e move o seu corpo a se afastar do Eterno. Não estamos sós nessa luta: o Espírito Santo é capaz de nos auxiliar nessa dolorosa tarefa que talvez exija força e sofrimento para arrancar pela raiz (e com o Evangelho!) o mal que habita em nossa alma. Que Ele nos ajude a destruir os nossos ídolos e a reconstruir nosso Altar ao ÚNICO que é Digno: CRISTO!

(Isadora Bersot)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s