devocional nós e ele

Enraizada em Cristo #276

Janeiro/2021

“Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim.” João 15:4

O convite do Evangelho é um chamado à permanência. Não se trata de um encontro rápido, mas de um que possui raízes fortes e produz frutos para a Eternidade.

Segundo a fala de Jesus (João 15:4), existe uma condição a ser satisfeita. Não basta pedirmos para que Ele permaneça em nós; nós e que devemos permanecer nEle. Nosso relacionamento com Cristo precisa ser mais profundo que alguns rompantes de fé. Como diz a canção dos Arrais: “Não fale que O conhece se O esquece em cada esquina; não fale que O encontra nas suas ondas de fé e não na Palavra”.

Se buscarmos ao Senhor apenas em meio ao desespero ou somos gratos apenas diante das grandes felicidades, sem dúvida revelamos raízes estupidamente rasas. O que devemos fazer, então? Aplicar na prática nosso conhecimento, nos empenhando na leitura bíblica, na oração, na comunhão com os irmãos. Só assim poderemos dar frutos que glorifiquem ao nosso Pai.

(Isadora Bersot)

Quer entender de onde surgiu esta reflexão? Clique aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s