#Palavras do Pai

“Igreja Evangélica permite casamento gay”

Esse é mais um tema polêmico! Então, pretendo esclarecer (ou gerar ainda mais dúvidas :P) com esse texto.

Pra iniciar, é claro pra todos que uma igreja evangélica segue -ou deveria seguir- o evangelho, ciente disso, espantei-me com a reportagem.

Infelizmente, muitas passagens da bíblia são distorcidas para irem de acordo com uma situação que a igreja quer apoiar e acaba indo contra a própria palavra. “Texto fora de contexto é pretexto”, já diziam os ‘sábios’.

Desde já digo: sou contra QUALQUER tipo de preconceito. Se é pra seguirmos os passos de Jesus, que não façamos acepção de pessoas também, independente do credo, da raça ou da opção sexual, mas preciso esclarecer que Deus ama o pecador e não o pecado.

“Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará?” Eclesiastes 4:9-11

Muitos utilizam esse versículo como base para dizer que pra Deus, todas as formas de amor são válidas. Amor não precisa estar ligado diretamente ao sexo/beijo, se fosse assim, todas as amizades seriam “coloridas”. A palavra de Deus é uma só e ela não se contradiz. Quem cria a confusão é o homem, principalmente por falta de sabedoria e discernimento em sua interpretação.

Em Romanos 1:26-27 está escrito o seguinte: “Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.

Diz a bíblia então que o ato homossexual é um erro, e todo erro gera consequências e a consequência é a  morte.

Inúmeras igrejas, procurando expandir, crescer, agradar e atrair fiéis acaba indo contra aquilo que a própria bíblia diz, e aí vai a pergunta: que tipo de evangelho é esse onde a opinião dos homens é superior a de Deus?

“(…)ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.” Gálatas 1:10

É sim, sim; não não. Não tem essa de meio termo. É certo, é certo, errado, errado.

Não posso simplesmente passar panos quentes ou abafar esse caso como se ele não existisse. Dúvidas são para serem tiradas e respostas pra serem dadas. Sinceramente, a igreja que tem esse tipo de atitude não devia ser chamada de igreja. Se é pra pregar sobre o evangelho, que pregue-o todo e não somente aquilo que convém. Perder fiéis é desimportante quando ganham-se almas alicerçadas no verdadeiro evangelho de Cristo, e eu espero e oro pra que um dia esse seja o verdadeiro propósito das igrejas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s